terça-feira, 14 de Junho de 2011

A erva milagrosa

Há muito tempo atrás, na terra dos feitiços havia duas bruxas muito trapalhonas. As duas bruxas eram irmãs, uma era boa e a outra era má, por isso, andavam sempre às turras e sempre zangadas!
Um certo dia, cada uma resolveu fazer um feitiço muito poderoso. A Neca, a bruxa boa, pensou em fazer um feitiço que acabaria de vez com a tristeza e a solidão. A Fetucina, a bruxa má, pensou em fazer o contrário, fazer com que as pessoas fiquem tristes.
O problema estava no seguinte: elas eram tão trapalhonas que quase sempre acabavam por misturar os feitiços. O resultado era sempre algo de muito errado!
Entretanto, num reino não muito distante da terra das bruxas, vivia uma princesa que estava muito preocupada porque ouviu a fama que tinham as bruxas e o que tencionavam fazer. Descontente, resolveu ir ter com elas a fim de convencê-las de desistirem da ideia!
Depois da longa viagem, a princesa ficou doente, por isso, precisava de muita ajuda.
A Neca, que era muito boa, prontificou-se logo a ajudá-la. Para isso teve de ir à montanha Sagrada falar com o dragão Chin, dono do chá Zen, que continha a erva milagrosa, a única capaz de salvar a princesa.Chegada à montanha, a Neca foi recebida pelo dragão Chin que de imediato caiu de amores por ela. Ele decidiu ajudá-la em troca do seu amor. A Neca ficou pasmada! Mas, por ser tão boa aceitou a proposta! Foi deste modo que a princesa se curou...

História elaborada pelo Marcos com o apoio da sua mãe (2ºB)

Sem comentários:

Enviar um comentário